Conheça duas das colegas sindicalizadas candidatas a representar os servidores e servidoras no Comitê de Primeiro Grau do TRT4


25.Novembro.2020 - 19h21min

Entre os dias 25 de novembro e 4 de dezembro, ocorrem as eleições dos representantes dos diversos segmentos que compõem o Comitê de Priorização do Primeiro Grau do TRT4. As eleições serão realizadas de forma virtual, pelo Portal Vox, do TRT4. Serão preenchidas quatro vagas por eleição direta: dois juízes de primeiro grau eleitos por votação direta entre os seus pares, da respectiva jurisdição, a partir de lista de inscrição; e dois servidores eleitos por votação direta entre os seus pares, a partir de lista de inscrição.

O Comitê

O Comitê Gestor Regional para Gestão e Implementação da Política Nacional de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau de Jurisdição foi instituído a partir da Resolução nº 194/2014  do Conselho Nacional de Justiça. A Resolução aponta como objetivo “desenvolver, em caráter permanente, iniciativas voltadas ao aperfeiçoamento da qualidade, da celeridade, da eficiência, da eficácia e da efetividade dos serviços judiciários da primeira instância”.

No âmbito do TRT4, o Comitê foi constituído pela Portaria Conjunta nº 6028/2014, da Presidência e da Corregedoria. Depois, portarias subsequentes levaram à composição atual:

I – o Juiz Auxiliar da Presidência, como membro titular, e o Juiz Auxiliar da Corregedoria Regional, como membro suplente;

II – quatro magistrados, sendo: a) um indicado pelo Tribunal Pleno; b) um escolhido pelo Tribunal Pleno a partir de lista de inscritos aberta a todos os interessados; e c) dois juízes de primeiro grau eleitos por votação direta entre os seus pares, da respectiva jurisdição, a partir de lista de inscrição;

III – quatro servidores, sendo: a) um indicado pelo Tribunal Pleno; b) um escolhido pelo Tribunal Pleno a partir de lista de inscritos aberta a todos os interessados; e  c) dois eleitos por votação direta entre os seus pares.

Candidaturas

Entre os colegas que se candidataram à vaga de representante dos servidores e das servidoras, estão as colegas sindicalizadas Fabiana Pandolgo Cherubini e Josiane Brandielli Schuck. Veja abaixo as manifestações de cada uma delas:

Fabiana Pandolgo Cherubini

Atuo no TRT desde 2008, como Oficiala de Justiça, atualmente lotada em Canoas. Fui eleita para recompor do comitê, como representante dos servidores, para um “mandato relâmpago” de apenas seis meses. Embora tenha sido um curto período, foi uma gestão rica em debates a favor dos servidores – e, por que não, também jurisdicionados. Sem nenhum receio de embate, quando necessário, não foram poucos os momentos em que a defesa dos servidores teve que ser contundente, o que fiz, inclusive com base em dados, números e exemplos. Sou sindicalizada, diretora administrativa da Assojaf. Acredito na força das instituições para fazerem com que a nossa voz seja ouvida. Nós que movemos, de fato, a máquina do Poder Judiciário. Temos que ocupar os poucos espaços que nos são concedidos na administração e batalharmos por mais. Coloco-me à disposição dos colegas para cumprir esse papel dentro do Comitê.  

Josiane Brandielli Schuck

Sou secretária de audiências da 5ª Vara do Trabalho de Caxias do Sul. Iniciei minha carreira na Justiça do Trabalho em 2005, no TRT9. Em 2014, passei a integrar o quadro de servidores do TRT21 e, em 2018, vim, por meio de redistribuição, para o TRT4. Desde 2011, trabalho na sala de audiências, local que gosto muito, pois ali se dá o contato pessoal entre partes e magistrados/servidores, sendo, por esta razão, uma das "vitrines" da Justiça do Trabalho. O contato que sempre gostei de ter com nosso público externo; os desafios que enfrentamos no momento ímpar que vivemos, por imposição da pandemia; a união que vimos nascer entre os colegas, com ajuda mútua pelas ferramentas que dispomos, para enfrentar os desafios dessa adaptação; a vontade de contribuir com a valorização do primeiro grau de jurisdição, me motivaram a ser uma voz que represente meus pares, por meio da participação no Comitê Gestor Regional para gestão e implementação da Política Nacional de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau de Jurisdição.  

*Colegas sindicalizados que estão concorrendo foram, igualmente, contatados e estamos no aguardo de encaminhamento de material para o Sintrajufe/RS, para o e-mail imprensa@sintrajufe.org.br.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.