Núcleo de Oficiais de Justiça debate trabalho na pandemia e escolhe delegados para Encontro Nacional


19.Novembro.2020 - 18h31min

O Sintrajufe/RS realizou, nessa quarta-feira, 18, reunião do Núcleo de Oficiais de Justiça do sindicato. Na pauta, as condições de trabalho em meio à pandemia. Também foram escolhidos os delegados e delegadas do Rio Grande do Sul para o Encontro Nacional dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais da Fenajufe.

Na abertura da reunião, a diretora Cristina Viana e o diretor Zé Oliveira apresentaram relatos sobre a situação da retomada do trabalho presencial nos tribunais. Falaram sobre as limitações dos espaços criados pelas administrações para discussão desse tema: no TRT4, onde o sindicato participa de comitês e grupos de trabalho, embora haja espaço, as posições da entidade não têm sido ouvidas de fato. Assim, tem ficado prejudicado o atendimento das necessidades e reivindicações da categoria, apresentadas reiteradamente pelo sindicato. Eles destacaram a importância de que sejam ouvidas as demandas dos oficiais e das oficialas de Justiça para a construção de ações de proteção à saúde e à vida dos colegas.

Os diretores também falaram das vistorias que o sindicato tem realizado nos locais de trabalho e da situação específica de cada tribunal, com especial preocupação em relação à Justiça Eleitoral, onde há pouco diálogo e muitos problemas encontrados pelo Sintrajufe/RS. Assim, destacaram, o sindicato segue defendendo a manutenção do trabalho remoto prioritário ainda neste momento e, como alternativa, a testagem de todos e todas que tiverem de retornar às atividades presenciais.

O diretor Zé Oliveira também levou à reunião informações sobre a reforma administrativa e as diversas ações que o Sintrajufe/RS tem tomado no combate à proposta do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Falou, por exemplo, sobre as reuniões do sindicato com parlamentares, que serão retomadas, e sobre as campanhas do próprio sindicato e conjuntas, com outras entidades, com o objetivo de conscientizar a população sobre o real significado da reforma. Lembrou, ainda, os últimos atos de rua realizados na luta por mais e melhores serviços públicos, nos dias 15 e 30 de setembro e 28 de outubro.

A reunião ainda tratou rapidamente de algumas dúvidas dos colegas presentes, relativas a temas específicos como a indenização de transporte e a VPNI. Sobre o primeiro tema, foi esclarecido que a defesa do sindicato pelo prosseguimento normal do pagamento durante a pandemia será no mesmo sentido adotado em casos de greve: o trabalho eventualmente represado será compensado, de forma que o desgaste ocorrerá de qualquer forma. Em relação à VPNI, foi manifestada preocupação pelo fato de já ter havido cortes em diversas unidades, nacionalmente, sendo que em alguns casos houve, inclusive, desconto retroativo. O sindicato segue acompanhando a situação, mas, no TRF4, por ora, não há decisão nesse sentido.

Delegados ao Encontro Nacional

Ao final da reunião, foram escolhidos os delegados e delegadas do Rio Grande do Sul para o Encontro Nacional dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais da Fenajufe, que ocorre em 28 de novembro, de forma online. As delegadas titulares serão as diretoras Clarice Camargo e Cristina Viana. Como observadores, participarão o diretor Mário Marques e os colegas Eduardo Virtuoso, Marcelo Ortiz e Gérson da Silva.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.