Em reunião com colegas da Justiça Eleitoral, Sintrajufe/RS aponta vistoria e chama manifestação para quinta-feira, 12, em frente ao Anexo da JE


10.Novembro.2020 - 19h31min

O Sintrajufe/RS realizou, nessa segunda-feira, 9, reunião com colegas da Justiça Eleitoral. O objetivo da reunião foi apresentar o panorama da situação do trabalho presencial em meio à pandemia, informando as medidas que o sindicato está tomando para proteger a saúde de servidores e servidoras e ouvindo os colegas sobre a realidade nos locais de trabalho. O sindicato informou que pretende realizar uma vistoria no prédio do Anexo da Justiça Eleitoral na quinta-feira, 12, e também convocou uma manifestação para o mesmo dia, às 14h, em frente ao prédio, por melhores condições sanitárias e por diálogo da administração com a entidade.

 

Na abertura da reunião, o diretor Zé Oliveira explicou que o sindicato já pediu autorização para a administração para realizar vistoria no Anexo da Justiça Eleitoral, a exemplo do que já está sendo feito em outros tribunais, mas que ainda não houve retorno. Zé explicou que o Sintrajufe/RS insistirá no contato e, caso não haja resposta, o sindicato irá visitar o local de trabalho com a equipe médica da entidade, na quinta-feira, às 14h. Além disso, já convidou os presentes a participarem de manifestação em frente ao prédio, na quinta, no mesmo horário.

 

A diretora Cristina Viana lembrou que já foram feitas vistorias nos locais que estão retomando o trabalho presencial na Justiça Federal, no TRF4, nas varas trabalhistas, no TRT4 e na Procuradoria da República no RS. Também já foi solicitada autorização para vistoria no MPT. Conforme Cristina, apesar de defender a manutenção do trabalho remoto como prioridade, em geral, o sindicato está encontrando os locais com várias adequações em relação à pandemia. A diretora explicou que o médico da assessoria de saúde do Sintrajufe/RS, Geraldo Azevedo, está realizando as visitas juntamente com a direção, e observando fatores como distanciamento, uso de EPIs, ventilação e limpeza.

 

No caso do TRE, Zé Oliveira lembrou que, após envio de ofício pelo sindicato, o próprio tribunal divulgou documento constatando descumprimento de medidas sanitárias em locais de trabalho. O Sintrajufe/RS está exigindo, também, a testagem de todos os servidores e todas as servidoras que estão em trabalho presencial, especialmente considerando-se que já há relatos de casos confirmados ou suspeitos de covid-19 entre colegas da Justiça Eleitoral.

 

Os colegas que participaram da reunião expressaram diversas preocupações com as condições de trabalho agora e no futuro próximo. Apontaram, por exemplo, problemas para quem está “na ponta”, nos cartórios, com dificuldades no funcionamento do sistema, pouco uso de EPIs e pouca preocupação da administração com o cumprimento das normas de segurança sanitária. “Há casos confirmados ou suspeitos, na capital e no interior, e parece que nada está acontecendo”, disse um colega. Há, ainda, a preocupação com as eleições e, na sequência, quando for possibilitado acesso do público aos locais de trabalho. Assim, a busca por não haver retorno ao atendimento presencial, após as eleições, será uma das pautas centrais nos próximos momentos.

 

O diretor Marcelo Carlini apontou que “os problemas estão se acumulando no nosso entorno”, lembrando a reforma administrativa e outros ataques do governo, de forma que é preciso mobilizar-se para evitar o agravamento da situação. Ele destacou os atos públicos dos quais o Sintrajufe/RS tem participado junto com outras entidades sindicais. Embora o sindicato siga defendendo o trabalho remoto, lembrou Carlini, precisamos apostar na mobilização para defender os direitos, salários e empregos.

 

Ao final da reunião, ficou definido que o Sintrajufe/RS buscaria contatar novamente a administração, solicitando autorização para a realização da vistoria. Caso não haja retorno, o sindicato irá, mesmo assim, ao prédio, com as prerrogativas de entidade representativa dos servidores, para verificar as condições sanitárias em que está se dando o trabalho presencial. Também ficou definida a realização de manifestação na quinta-feira, às 14h, em frente ao Anexo da JE, cobrando diálogo com a administração e a testagem de todos servidores e servidoras que estão trabalhando no local.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.