Urgente! Suspensão do recesso parlamentar pode fazer redução salarial ser votada em 2020; Sintrajufe/RS convoca ato nesta quarta


27.Outubro.2020 - 19h08min

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, 27, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que o cancelamento do recesso parlamentar é “inevitável” para a aprovação da proposta que reduz os salários dos servidores e das servidoras em 25%, a proposta de emenda à Constituição (PEC) 186/2019, conhecida como “PEC Emergencial”. Maia também quer acelerar a tramitação da reforma administrativa (PEC 32/2020), aprofundando o desmonte dos serviços públicos. As informações são da Queiroz Assessoria, assessoria parlamentar contratada pelo Sintrajufe/RS para acompanhar movimentações como essa.

Maia afirmou que será necessário retomar as votações logo após o primeiro turno das eleições municipais: "Se quiser aprovar a PEC Emergencial, não tem outro caminho. Sem a PEC Emergencial, vai ter muita dificuldade de aprovar o Orçamento”. Não havendo acordo, ou votos insuficientes por parte do Palácio do Planalto, e se o imbróglio político não for resolvido entre o primeiro e o segundo turno das eleições municipais, o presidente da Câmara prevê a votação da PEC Emergencial para fevereiro, e do orçamento para março do ano que vem.

A respeito da reforma administrativa, Rodrigo Maia explicou que busca um acordo para apensar a PEC 32/2020 a outra matéria, garantindo a ampliação dos prazos de discussão e emendamento. O objetivo é aprovar o texto no primeiro semestre do ano que vem. Contudo, o presidente não disse qual PEC recepcionaria a proposta encaminhada recentemente pelo Poder Executivo.

Nesta quarta, Dia do Servidor Público, tem ato contra a reforma e  redução de salários

Para combater a reforma administrativa e a redução salarial, não há outro caminho além da mobilização. Por isso, o Sintrajufe/RS convoca todos e todas para o ato chamado pela Frente dos Servidores do Rio Grande do Sul para esta quarta-feira, Dia do Servidor Público. Será às 14h, no Paço Municipal, Centro de Porto Alegre. Também nesta quarta, a Frente lança uma campanha com 200 outdoors espalhados por todo o estado para denunciar os ataques e defender mais e melhores serviços públicos.

Com Queiroz Assessoria e Agência Câmara de Notícias.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.