Com diálogo sobre realidade durante a pandemia e sarau cultural, Núcleo de PCDs do Sintrajufe/RS realizou reunião nesta semana


24.Setembro.2020 - 14h33min

Na noite da última terça-feira, 22, o Núcleo de Pessoas com Deficiência do Sintrajufe/RS (NPCDs) realizou sua reunião mensal. Foi um momento de troca de informações sobre a realidade do segmento em meio à pandemia, mas também de apresentações culturais e confraternização.

Participaram da reunião servidores da Justiça do Trabalho, TRT4 e Justiça Eleitoral.  A reunião iniciou com a participação da diretora do Sintrajufe/RS Cristina Viana e da assessoria jurídica do sindicato que trouxeram informações sobre a resolução do CNJ que normaliza a possibilidade de redução de jornada de trabalho para pessoas com deficiência ou necessidades especiais, assim como para pessoas que tenham filhos ou dependentes nestas condições. Foram apresentadas informações e esclarecimentos  sobre as datas e condições de retorno ao trabalho presencial, comunicadas ao Sintrajufe/RS pelos tribunais, respondendo  à grande preocupação apresentada pelos e pelas colegas. Também foram apresentados informes sobre as ações e medidas encaminhadas pelo Sintrajufe/RS para amenizar as preocupações da categoria e garantir a segurança e a saúde de todos e todas.

Colegas falaram, na reunião, sobre as dificuldades enfrentadas para o encaminhamento das aposentadorias especiais ou avaliações de gravidades de deficiência, já que o quadro médico do TRT4 está incompleto e sem médico do trabalho. Os participantes da reunião decidiram encaminhar à direção do Sintrajufe/RS a sugestão da busca por convênio com o TRT4 para que fossem acionados os médicos do sindicato, especialistas em medicina do trabalho, para atender às demandas mais urgentes.

A reunião também teve seu momento cultural, com o sarau "Arte na Diferença", para marcar o Dia Nacional de Luta das PCDs, 21 de setembro. O sarau contou com a apresentação de colegas: primeiro, Ari Heck fez uma resenha do seu novo livro, “Arizinho e a Pandemia”. Na sequência, Gladis Marques apresentou o poema "Deficiências", de Renata Vilela, um poema que, por algum tempo, acreditava-se ser de autoria de Mário Quintana. O sarau foi finalizado com as canções “Pra onde ir”, de Vitor Hugo, e “Pra não dizer que não falei de flores”, de Geraldo Vandré, trazidas pelo colega Elton Decker.

Ao final, ficou estabelecido que todas as reuniões finalizarão com um momento cultural e que essas apresentações ficarão disponíveis para os demais colegas da categoria.

As reuniões do Núcleo de PCDs acontecem sempre na quarta terça-feira do mês, estando a próxima marcada para o dia 27 de outubro, às 19h.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.