Sintrajufe/RS participa de ato na Ufrgs, em defesa da autonomia universitária e das universidades públicas


17.Setembro.2020 - 16h05min

Nesta quinta-feira, 17, a direção do Sintrajufe/RS participou de ato público, em frente à Reitoria da Ufrgs, em Porto Alegre, em defesa da autonomia universitária e contra a nomeação, por Jair Bolsonaro (sem partido), de Carlos André Bulhões Mendes como novo reitor da Ufrgs. A chapa vencedora em consulta à comunidade acadêmica (docentes, técnicos-administrativos e estudantes) foi preterida pela de Bulhões, que ficou em terceiro lugar.

 

 

A manifestação contou com a participação de técnicos-administrativos, professores e professoras e estudantes da Ufrgs; entidades estudantis, como UNE, DCE e centros acadêmicos; sindicatos, como o Sintrajufe/RS, as centrais CUT, CTB, Intersindical, Conlutas; além de parlamentares. A atividade se soma à reação, que tem crescido, em defesa dos serviços públicos e contra a reforma administrativa e os cortes orçamentários.

 

 

Pela primeira vez, em 28 anos, a vontade expressa pela comunidade universitária é desrespeitada

Por lei, é prerrogativa do presidente da República nomear reitores e reitoras, a partir de lista tríplice encaminhada pelas instituições. Na Ufrgs, esse foi a primeira vez, desde 1992, que a vontade expressa pela comunidade universitária não foi respeitada. Bulhões é amigo do deputado federal bolsonarista Bibo Nunes (PSL-RS), que havia anunciado, de maneira provocativa, que a nomeação significaria acabar com o “domínio esquerdopata” na universidade.

Jair Bolsonaro (sem partido), desde o início de seu mandato, já nomeou pelo menos 15 reitores ou diretores de instituições de ensino federais entre pessoas que não encabeçavam as listas tríplices; há casos em que nem sequer estavam entre os indicados.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.