É amanhã! Ato em defesa dos serviços públicos e contra a reforma administrativa reunirá servidores, servidoras e entidades das três esferas em Porto Alegre


14.Setembro.2020 - 14h05min

Acontece nesta terça-feira, 15, a primeira atividade de rua na mobilização contra a reforma administrativa recém enviada por Jair Bolsonaro (sem partido) ao Congresso. Com um ato público às 11h, em frente à Escola Estadual Rio Grande do Sul (Washington Luiz, 980, Porto Alegre), será dada a largada nessa luta da qual depende a sobrevivência dos serviços públicos no Brasil. O Sintrajufe/RS irá participar da mobilização, juntamente com representantes de categorias do serviço público federal, estadual e municipal. A escola onde o ato acontece está ameaçada de fechamento pelo governador Eduardo Leite (PSDB), o que serve de alerta para as consequências da reforma administrativa proposta nacionalmente: o desmonte dos serviços públicos em todo o país. O ato desta terça é uma atividade preparatória para o Dia Nacional de Mobilização marcado para o dia 30 de setembro.

O ato será realizado com todos os cuidados de proteção à saúde e será o início da grande campanha em defesa dos serviços públicos e contra a reforma. A atividade foi definida em reunião da Frente dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul, na última quinta-feira, 10, com participação de sindicatos de servidores federais, estaduais e municipais, além da CUT, CTB e outras centrais, demonstrando a unidade necessária para o combate à reforma.

Também já está sendo construído um ato público para o dia 30 de setembro, data marcada como Dia Nacional de Mobilização contra a reforma e que já conta com a adesão de centrais sindicais, sindicatos e frentes. Em assembleia geral do Sintrajufe/RS, no dia 5, a categoria já aprovou adesão à data.

Enquanto Jair Bolsonaro (sem partido), Paulo Guedes e Rodrigo Maia (DEM-RJ) querem acabar com os serviços públicos, precarizar o trabalho dos servidores e retirar direitos da população, os sindicatos e as centrais estão construindo a luta para ampliar e melhorar os serviços oferecidos aos trabalhadores e às trabalhadoras. O dia 15 será um passo importante nessa caminhada que contará com uma campanha em redes sociais e veículos tradicionais de comunicação.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.