Casos de covid-19 no TJDFT crescem 331,6%, e retomada de atividades é adiada


19.Agosto.2020 - 16h16min

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) informou, na segunda-feira, 17, que 259 servidoras e servidores foram contaminados pelo novo coronavírus. Houve um aumento de 331,6% no número de casos em menos de dois meses. Até o dia 23 de junho, o órgão tinha registrado 60 infectados entre os funcionários.

Segundo informações do jornal Metrópoles, o TJDFT reportou que 16 magistrados testaram positivo para covid-19. O maior número de contaminados, contudo, é entre analistas e técnicos judiciários, com 202 casos. Há ainda 6 oficiais de justiça, além de dois estagiários e 33 trabalhadoras e trabalhadores terceirizados.

Adiamento da retomada

O tribunal adiou a segunda fase da retomada das atividades presenciais, prevista para 31 de agosto, diante do “recrudescimento da pandemia da Covid-19 no Distrito Federal”. A portaria conjunta 87 do TJDFT, do dia 14, revogou dispositivos que previam a volta, a partir do fim deste mês, das audiências e das sessões presenciais de qualquer natureza.

Segundo o TJDFT, estão mantidas as audiências presenciais de processos de réus presos nos juízos de competência criminal e nos Tribunais do Júri. A medida também vale para as audiências que envolvem adolescentes internados e de justificação em caso de descumprimento da medida socioeducativa.

O Distrito Federal registrou, na segunda-feira, 17, mais um recorde diário de mortes provocadas pelo novo coronavírus. Foram 66 óbitos, de acordo com a Secretaria de Saúde do DF. Com as novas confirmações, a capital do país supera a marca de 2 mil mortes desde o início da pandemia. Ao todo, 2.042 pessoas perderam a vida. O número de infectados subiu para 138.735.

Com informações de Metrópoles e Correio Braziliense.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.