Em resposta a ofício do Sintrajufe/RS, Procuradoria da República no RS informa que não há previsão de retorno ao trabalho presencial


15.Julho.2020 - 17h11min

Em ofício encaminhado ao Sintrajufe/RS, a Procuradoria Regional da República no Rio Grande do Sul (PRRS) comunicou que, “em que pese a Resolução nº 214/2020 do CNMP ter autorizado o retorno das atividades presencias nas unidades do MPF, informo que não há data prevista para que isso ocorra”. É uma resposta ao questionamento formalizado pelo sindicato junto à PRRS, no início de junho, quanto a eventuais consequências da resolução do Conselho Nacional do Ministério Público e solicitação de audiência para tratar do assunto.

No ofício, em junho, o Sintrajufe/RS ressaltou a posição da entidade de defesa da manutenção do trabalho remoto enquanto perdurarem as orientações nesse sentido dos órgãos de saúde e que, quando do retorno, nenhuma atividade presencial seja realizada sem os equipamentos de proteção individual fornecido pelo respectivo órgão. Quanto a isso, no ofício da PRRS, assinado pela procuradora-chefe, Claudia Vizcaychipi Paim, é informado que “estão sendo tomadas as devidas providências, seguindo as diretrizes dos normativos estabelecidos pelo CNMP, bem como pela área da saúde da Procuradoria Geral da República, para o eventual retorno ao trabalho presencial”.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.