Dia 18 de março é dia de luta para impedir que os ataques continuem!


20.Fevereiro.2020 - 17h55min

No mês de março entra em vigor o aumento de desconto previdenciário da “reforma” de Bolsonaro e Guedes. Além de aumentar o tempo de serviço ela reduz salários já congelados pela emenda constitucional 95/2016. Não bastasse esta perda, no final de 2019 o governo enviou ao Congresso um pacote chamado “Plano Mais Brasil” que prevê a redução de jornada e salário em até 25%, congelamento de salários, progressões e concursos públicos. 

Veja abaixo a tabela dos efeitos financeiros:

A nossa mobilização pode impedir que Bolsonaro e Guedes continuem a atacar os serviços e os servidores públicos, coloque na sua agenda: dia 18 de março é dia de greve nacional em defesa dos salários, empregos e direitos!

Fortaleça nossa luta e nosso sindicato! Filie-se!

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.