Com auditório lotado, Sintrajufe/RS participa de atividade em defesa dos serviços públicos e das estatais, em Brasília


12.Fevereiro.2020 - 18h52min

Fotos: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Representantes de centrais sindicais, federações, sindicatos de base, movimentos populares e partidos políticos realizaram, nesta quarta-feira, 12, em Brasília, um grande ato político em defesa dos serviços públicos e das estatais. A atividade aconteceu no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, e teve participação do Sintrajufe/RS, representado pelo diretor Ramiro López, que também é dirigente da Fenajufe.

Enquanto na parte da manhã foi realizado o ato político, durante a tarde foi momento de um seminário de formação e mobilização, com diversos especialistas que destacaram os graves prejuízos que a reforma administrativa, o "Plano Mais Brasil", as privatizações e outras medidas que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) tem tomado podem causar para a população. Os painelistas denunciaram que essas medidas apontam para a destruição do serviço público e do modelo de Estado que temos hoje no país.

O diretor do Sintrajufe/RS Ramiro López destaca que a reforma administrativa não se dará apenas com a proposta que o governo planeja enviar em breve ao Congresso, já tramitando, na prática, na forma de outras medidas, como as PECs do Plano Mais Brasil: "é importante que também estejamos atentos a esse conjunto de medidas", destaca Ramiro, que também ressalta a importância de "além de fazer o trabalho no parlamento, tomar as ruas em todo o Brasil para esclarecer a população sobre os efeitos dessa tentativa de remodelagem do Estado brasileiro".

Dia 18 de março, todos e todas às ruas

Nesse sentido, o dia 18 de março será momento fundamental para enfrentar os ataques. Em todo o Brasil haverá mobilizações, protestos e paralisações. Greves nacionais do Judiciário Federal e da Educação já estão convocadas. No Rio Grande do Sul, os trabalhadores e as trabalhadoras do Judiciário Federal e do Ministério Público da União aprovaram, em assembleia geral, a adesão à paralisação na luta em defesa dos serviços públicos e das estatais.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.