Dia 15, Sintrajufe/RS promove painel sobre defesa da Justiça do Trabalho e eleição de delegação para encontro nacional


04.Outubro.2019 - 15h30min

O Sintrajufe/RS promove o painel “A defesa da Justiça do Trabalho e os ataques da reforma trabalhista” no dia 15, às 19h30min, no Salão Multicultural Alê Junqueira, na sede (Rua Marcílio Dias, 660). A painelista será a juíza do Trabalho e presidente da Associação Juízes para a Democracia, Valdete Souto Severo. A atividade também contará com a presença de representantes da Fenajufe e de centrais sindicais.

O evento do Sintrajufe/RS é preparatório para o Encontro Nacional de Servidores da Justiça do Trabalho, promovido pela Fenajufe, que ocorrerá dias 26 e 27 de outubro, em Brasília. Ao final do painel e dos debates, serão escolhidos os cinco representantes do Rio Grande do Sul para o evento nacional.

As discussões promovidas pelo Sintrajufe/RS e pela Fenajufe ocorrem em um momento em que os direitos sociais e trabalhistas estão sofrendo grandes retrocessos. A restrição ao acesso à Justiça e a tentativa de enfraquecimento da ação sindical estão concatenadas com os argumentos de redução da JT. Fora os ataques à própria existência desse ramo do Judiciário Federal, enfrenta-se ainda o corte orçamentário decorrente da emenda constitucional 95/2016, que congela os investimentos públicos por vinte anos. De acordo com o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Brito Pereira, o orçamento da Justiça do Trabalho, em 2020, será igual aos valores de 2016 menos R$ 1,7 bilhão. Com isso, haverá redução no número de trabalhadores terceirizados e está prevista uma reforma administrativa que “vai enxugar enormemente o nosso quadro”.

Interior poderá participar por videoconferência

O evento terá transmissão ao vivo pelo Sintrajufe/RS via página no Facebook. Além disso, colegas sindicalizados e sindicalizadas do interior do estado poderão participar por meio de videoconferência a partir de cidades-polo habilitadas, seguindo o mesmo regramento utilizado para assembleias gerais. Esses colegas terão as mesmas prerrogativas dos que estiverem presentes no evento em Porto Alegre.

As cidades-polo precisam estar habilitadas previamente e informar interesse de participação na atividade específica com antecedência mínima de cinco dias da sua realização, conforme regramento aprovado pela categoria.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.