Com apoio do Sintrajufe/RS, 1º “Treinão de Inclusão” da Justiça do Trabalho de Taquara envolveu grande público no domingo, 29


01.Outubro.2019 - 16h51min
-->

Fotos: Caio Monçalves

Na manhã do último domingo, 29, uma importante atividade de inclusão envolveu a comunidade no Centro de Taquara. Apoiado pelo Sintrajufe/RS, o 1º "Treinão de Inclusão", atividade direcionada a crianças e adolescentes com deficiência, foi promovido pelo Foro Trabalhista de Taquara. Os diretores Zé Oliveira e Diogo Corrêa representaram o Sintrajufe/RS; as despesas com transporte, alimentação, premiações, entre outras, foram pagas a partir do Orçamento Participativo do sindicato, por decisão dos colegas da cidade.

Com 11 triciclos adaptados, 15 crianças e adolescentes com algum tipo de deficiência puderam viver momentos de diversão e socialização. Mais de 70 participantes da comunidade se engajaram no revezamento nas corridas, em um trecho de 2,5 km no Centro da cidade.

O projeto "Somos um Só" existe desde setembro de 2017 e foi idealizado pelo professor Magrão, do grupo de corrida Nóia Runners. Nas atividades, voluntários levam crianças e adolescentes com algum tipo de deficiência para correr em triciclos adaptados.

É uma atividade de inclusão em que as crianças e os adolescentes participam de treinos, corridas e passeios, além de se divertirem e socializarem. Isso acaba fazendo com que familiares e pessoas próximas pratiquem uma atividade física, melhorando a qualidade de vida de todos os envolvidos.

Setembro é destacado como mês da inclusão, mas a programação alusiva segue nesta quarta-feira, 2, quando ocorre a “roda de conversa” sobre o tema no Foro Trabalhista de Taquara. Nessa data, será inaugurada a exposição fotográfica “Tantos Uns” na cidade, realizada pelo Grupo de Fotografia 35 mm, integrado pelas colegas Luciana Lee e Teresa Haase (TRF4), Maria Clara Adams (TRT4) e Isaura Saraiva, Lourdes Helena da Rosa e Miriam Marroni (aposentadas), além de Caio Monçalves.

A colega da 4ª Vara Trabalhista de Taquara Sabrina Silveira levou sua filha adolescente, Rafaela, para o Treinão. Rafaela é portadora de uma síndrome rara que, além de outras características, compromete em parte sua capacidade de locomoção. Foi Sabrina quem teve a ideia de trazer o evento para a cidade, já que conheceu o Treinão ao ser convidada para a atividade em outros locais.

Para Carine Vieira Braier, colega da 2ª Vara Trabalhista de Taquara, o sentimento foi de muita emoção por ter contribuído para a realização do evento: “o susto foi grande. Não tínhamos ideia de como seria o Treinão, se alguém abraçaria a causa, se teríamos corredores suficientes. A receptividade daqueles que nos recebiam em escolas, academias e órgãos púbicos, para convidarmos para o Treinão, nos incentivava a continuar. Na véspera, mais de 70 pessoas inscritas e previsão de sol. Ver o sorriso de cada pessoa transportada no triciclo, dos corredores, daqueles que foram assistir e dos organizadores foi um grande motivo de orgulho”.

Luiza Rypl, também da 2ª Vara Trabalhista, ressaltou o envolvimento e a doação de cada pessoa que ajudou em cada pequeno detalhe: “a cada dia surgiam ideias novas e inspiradoras, que fizeram com que tudo ocorresse maravilhosamente bem, apesar de nossa pouca (em verdade, nenhuma) experiência no assunto". A participação da comunidade e a satisfação estampada no rosto de quem levava as pessoas com deficiência nos triciclos chamou a atenção: “a vibração de energia que geradas foram nossa recompensa pelo trabalho! Com certeza, iniciamos a semana mais felizes e cheios de gratidão e esperança por um mundo melhor, mais justo e mais empático! Que venham os próximos”, completou Luíza.

 

 

 

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.