Dia 18, haverá debate sobre mulheres e conjuntura no piquete do Sintrajufe/RS, com foco em agroecologia e mineração


13.Setembro.2019 - 16h25min
-->

Na próxima quarta-feira, 18, às 19h, será promovido debate com o tema “Agroecologia e o papel das Mulheres na atual conjuntura brasileira e latino-americana”. A atividade ocorrerá no piquete do Sintrajufe/RS no Acampamento Farroupilha (Piquete Tropilha Crioula, lote 112, ala C).

As debatedoras serão Michele Ramos, do Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM); Isabela Cunha, da Marcha Mundial das Mulheres; e representantes de mulheres do MST. A mediação será das diretoras do Sintrajufe/RS Marcia Coelho e Naiara Malavolta.

No debate, será discutida uma outra forma de pensar a agricultura e os alimentos que consumimos, a partir de uma produção sustentável e livre de venenos, com respeito ao meio ambiente e priorização da saúde. Também estará em pauta o debate sobre as mineradoras no Rio Grande do Sul e os danos que poderão causar ao meio ambiente e à nossa qualidade de vida, não apenas na região metropolitana de Porto Alegre como em outras áreas do estado.

Depois da atividade, haverá churrasco, por demanda. Todas as pessoas presentes serão convidadas.

Diversidade no Acampamento

O Sintrajufe/RS, por entender o papel e o valor da cultura gaúcha, apoia, há alguns anos, a instalação do Piquete Tropilha Crioula, no Acampamento Farroupilha. O sindicato entende que este apoio implica propiciar um aprofundamento do debate acerca dos valores do gauchismo, tão bem expressos em canções históricas, premiadas em festivais e que marcaram tempos, como "Desgarrados”, de Sergio Napp e Mario Barbará, ou "Céu, Sol, Sul, Terra e Cor", de Leonardo.

No entanto, existem aspectos da cultura – que não são restritos ao tradicionalismo gaúcho – que merecem ser questionados e combatidos por qualquer entidade de luta e pelo próprio movimento tradicionalista: o machismo, a misoginia, o racismo e a LGBTfobia não cabem mais em espaço nenhum da sociedade. Não seria diferente no Piquete do Sintrajufe/RS.

Para deixar isso nítido e valorizar nossos parceiros e parceiras de luta, afixamos no piquete um cartaz retratando nosso repúdio a todas as formas de preconceito. A ideia foi muito bem aceita por outros piquetes, que já solicitaram nosso cartaz para ser colocado em outros espaços. Nossas bandeiras das diversidades (gênero, raça/etnia e LGBT) também estão expostas no piquete, junto com a bandeira da entidade e a bandeira do RS.

Convidamos a categoria e a comunidade gaúcha para que se junte a nós neste espaço de valorização dos ideais de liberdade e de inclusão, promovidos pelo sindicato e pela verdadeira tradição gaúcha.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Troca de Usuário

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.