Sintrajufe/RS reúne-se com Grupo de Trabalho que fará mapeamento da estrutura do TRT4; sindicalistas apresentam dados da pesquisa de saúde


20.Agosto.2019 - 16h05min

O Sintrajufe/RS reuniu-se nesta segunda-feira, 19, com o Grupo de Trabalho (GT) nomeado pelo TRT4 para realizar um "raio-x" do tribunal. Os diretores Cristiano Moreira e Ruy Almeida representaram o sindicato na reunião, que ainda teve a participação dos seguintes integrantes do Grupo de Trabalho: desembargador Claudio Cassou, desembargadora Rejane Souza Pedra; juíza do Trabalho Elisabete Santos Marques; juiz do Trabalho Leandro Krebs Gonçalves; diretora-geral Bárbara Burgardt Casaletti; secretário-geral judiciário Onélio Luis Soares Santos; diretora da Setic Natacha Moraes de Oliveira; e assessora jurídica da Corregedoria Andréa Koliver. Todos os integrantes, entre desembargadores, juízes e servidores, foram escolhidos pela administração do tribunal. O sindicato não terá participação no Grupo de Trabalho.

O desembargador Cláudio Cassou apresentou o GT ao sindicato, informando que o Grupo se reuniu apenas uma vez, definindo estratégias para realizar o mapeamento da situação do tribunal. Um levantamento detalhado de cargos, movimentações processuais, lotações, etc será feito tendo como marco inicial o ano de 2014. Esse mapeamento será realizado com o objetivo de subsidiar iniciativas posteriores, que já não serão feitas dentro do Grupo, como "uso maior da tecnologia, possível unificação de unidades, otimização de recursos", exemplos citados durante a reunião. Conforme apontou, o objetivo da reunião era apresentar o grupo ao sindicato, explicar atribuições e manter as portas abertas para o diálogo com a entidade.

Cristiano e Ruy agradeceram o convite e saudaram a iniciativa de realização de mapeamento sobre a estrutura do TRT4, mas lamentaram a ausência da participação do sindicato no GT. Conforme Cristiano, "a realização de maiores estudos é justamente nossa crítica nas recentes iniciativas do tribunal sobre reestruturação", citando a transformação de varas do trabalho em postos avançados, em debate no Órgão Especial. O sindicalista solicitou que a reestruturação do primeiro grau seja suspensa até a conclusão dos trabalhos do GT, que poderia subsidiar a discussão a respeito. O dirigente apresentou aos presentes os dados da recente pesquisa se saúde do Sintrajufe, demonstrando agravamento dos índices de adoecimento na categoria.

Cristiano e Ruy solicitaram que os dados da pesquisa de saúde, colhidos em parceria com Ufrgs, UFPel e Ufcspa, sejam considerados na discussão do Grupo de trabalho, "pois referem um elemento habitualmente desprezado nesse tipo de debate, a saúde dos servidores".

O desembargador Cassou esclareceu que o Grupo não deliberará nenhuma iniciativa específica, apenas realizará um mapeamento da situação do tribunal. Sobre a reestruturação, Ruy defendeu que "se há um Grupo para fazer esse diagnóstico, não há razão para a reestruturação antes de uma avaliação do que for levantado pelo GT", informando que o sindicato peticionará no processo administrativo com esse requerimento, lembrando que o sindicato já formalizou pedido à administração para que não se avance nesse tema sem um amplo debate e um mapeamento da situação real das varas.

Ao final da reunião, os sindicalistas colocaram a entidade à disposição para seguir dialogando com o GT, informando, ainda, que os dados da Pesquisa de Saúde serão formalmente disponibilizados ao Grupo nos próximos dias.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.