I Copa Libertadores Sintrajufe/RS foi um sucesso de esporte e confraternização


20.Maio.2019 - 18h00min

Aconteceu neste final de semana a I Copa Libertadores Sintrajufe/RS de futebol society. Com sete equipes, o campeonato teve jogos no sábado e domingo e a final no início da tarde de domingo. A equipe Astra 4 foi a campeã, vencendo por 1 a 0 a final contra o time Lá da Fronteira, formado a partir de colegas de Santana do Livramento, mas também de outras cidades. Mais importante do que os resultados foi a possibilidade de integração e confraternização da categoria, que teve até mesmo um churrasco ao fim do dia no sábado.

Os jogos tiveram início na tarde de sábado. No domingo pela manhã foram realizados os últimos jogos da primeira fase, chegando-se, ao meio-dia, à partida final entre Astra 4 e Lá da Fronteira. O terceiro lugar ficou com o time Improviso F.C., que também teve o artilheiro, Lucas Maciel Cavalcanti, com 6 gols. Ele recebeu seu troféu e as medalhas de terceiro lugar na Copa. O goleiro menos vazado, que também recebeu seu troféu, foi Aloizio Brasil Biguelini, do Astra 4, que sofreu apenas 2 gols.

Campeão, o Astra IV recebeu um troféu réplica da taça Libertadores da América. Não houve times inscritos na categoria feminino. A organização técnica foi coordenada por Deco Scota. A Copa teve apoio do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) e do Young, Dias, Lauxen e Lima Advogados Associados.

O álbum completo com as fotos do campeonato está disponível AQUI.

Capitães comentam sucesso do campeonato

Cada equipe teve um colega como capitão, responsável por representar o time nas questões organizativas do campeonato. A seguir, os capitães das equipes falam de suas impressões sobre a primeira edição da Copa Libertadores Sintrajufe/RS:

Bruno Rudzewicz, Improviso F.C., Justiça Federal de Porto Alegre

Muito boa a organização do campeonato, horários bem ajustados, times competitivos, a taça era muito bonita. Propiciou a integração entre colegas de diversas localidades. [...] Parabéns pela organização!

Cristiano Moreira, Imortais F.C., diretor do Sintrajufe/RS

Em meio à luta contra as reformas, é importante termos espaços que proporcionem a integração da categoria. E o esporte é uma boa ferramenta para isso. A I Copa Libertadores Sintrajufe/RS foi um sucesso nesse sentido e caminhamos para construir novas edições com ainda mais participação. Parabéns a todos que participaram do evento!

Eduardo Ranzan, Pedras Brancas, Justiça do Trabalho de Guaíba

A organização estava impecável, providenciou toda a estrutura para que as equipes estivessem focadas apenas nos jogos. As equipes foram imbuídas de espírito esportivo competitivo, mas leal. O campeonato foi ótimo para integração entre todos os usuários, servidores e trabalhadores do judiciário federal no estado. Grande iniciativa do Sintrajufe/RS, que perdure para os próximos anos.

Fábio Scherer, Astra 4, Justiça do Trabalho de Porto Alegre

O que posso dizer em nome da equipe é que o torneio foi de grande valia para nós, pois aliou confraternização à competição. Nosso grupo faz uma preparação ao longo do ano, com treinamentos e amistosos, e buscamos competições organizadas, como foi a Copa Libertadores do Sintrajufe, para testarmos a evolução da equipe e estreitarmos os laços com os colegas que vêm de todo o estado.

Rafael Scherer, Atlético Nacional de Medellín, diretor do Sintrajufe/RS

A I Copa Libertadores Sintrajufe foi um sucesso, muito bem organizada, com boas equipes. Foi um fim de semana de integração entre colegas e familiares. Já estamos pensando em repetir a dose nos próximos anos. Parabéns a todos os participantes.

Sandro Trindade, Lá da Fronteira, diretor do Sintrajufe/RS, Justiça Federal de Livramento

A I Copa Libertadores foi marco de integração entre colegas do PJU e do MPU, que voltaram pra casa certos de que este tipo de evento aproxima a categoria pra lutar juntos nas batalhas que teremos pela frente. E quando a organização do evento é impecável, como no caso, em que não foi registrado nenhum atraso nos jogos e até a arbitragem, que já é por natureza contestada pelos atletas, foi amplamente elogiada, tenho certeza que os sindicalizados exigirão a continuidade da iniciativa.

*Até o fechamento desta matéria, não foi possível obter contato com o colega Felippe Belasquem, da Justiça Federal de Santa Rosa, capitão do time do Noroeste.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.