Resultado de pedido do Sintrajufe/RS, projeto-piloto de ginástica laboral no TRT4 é amplamente aprovado pelos participantes


30.Abril.2019 - 15h18min

Entre novembro de 2018 e janeiro de 2019, o TRT4 desenvolveu um projeto-piloto de ginástica laboral, presencial, do qual participaram servidores, magistrados e estagiários de 16 varas trabalhistas de Porto Alegre. A implantação da ginástica laboral foi uma demanda do Sintrajufe/RS levada à administração. Ao final do período experimental, o coordenador do projeto, colega Renato Gomes de Castro, lotado na Coordenadoria de Saúde e graduado em Fisioterapia, promoveu uma pesquisa de satisfação e, das 269 pessoas consultadas, 164 responderam, mostrando a ampla aprovação da iniciativa, com muitos índices ficando próximos a 100% de satisfação.

Confira os resultados:

88,6% dos respondentes afirmaram que conseguiram fazer a ginástica laboral. Destes:

98,8% acharam válido esse tipo de atividade física durante o horário de trabalho

98,6% notaram uma melhora no seu bem-estar geral

97,3% observaram melhora nas condições de saúde, sendo que:

- Em uma escala de 0 a 10, 79,5% indicaram notas 8, 9 e 10 para a melhora nas condições de saúde;

- 73% relataram melhora na parte física;

- 19,1% relataram melhora na parte emocional (relaxamento mental);

- 7,1% relataram melhora na relação interpessoal;

- Apenas 0,7% relataram não ter havido melhora alguma.

75,4% consideram adequada a frequência de dois horários por dia, três vezes por semana. 18,3% entendem que essa frequência é insuficiente e 7% a consideram excessiva

93,7% informaram que continuariam fazendo as sessões, caso sejam disponibilizadas

98,6% dos entrevistados foram favoráveis à iniciativa do tribunal em disponibilizar a atividade de ginástica laboral

95,1% incentivariam outros colegas a também fazerem ginástica laboral

Sindicato defende a extensão para todas as unidades

A defesa da ginástica laboral como política permanente de saúde nos locais de trabalho é uma pauta antiga do Sintrajufe/RS, reforçada após os resultados da Pesquisa de Saúde 2016. A partir da Pesquisa, foram elaboras as "10 medidas de combate ao adoecimento e ao assédio moral", entre as quais consta a implementação de ginástica laboral em todos os tribunais.

No caso da Justiça do Trabalho, o sindicato levou a demanda à administração e também ao Comitê de Priorização do Primeiro Grau do TRT4, no qual foi aprovada. O objetivo é beneficiar todos os colegas, estagiários e magistrados.

De acordo com notícia divulgada no site do tribunal, diante do sucesso do projeto-piloto, a administração está estudando a contratação do serviço para que seja prestado de forma continuada em 2019 e expandido para outras unidades. A abrangência dependerá de disponibilidade orçamentária.

A direção do Sintrajufe/RS avalia o projeto-piloto como um avanço positivo, diante dos graves problemas de saúde enfrentados pela categoria, confirmados pelos dados da Pesquisa de Saúde que será divulgada nos próximos dias.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.