1º de maio em defesa da aposentadoria: ato unificado em Porto Alegre será na rótula do Gasômetro


26.Abril.2019 - 18h50min

Neste ano, o 1º de maio, Dia do Trabalhador, terá atos, em todo o Brasil, contra a reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro (PSL) apresentada na proposta de emenda à Constituição (PEC) 6/2019. Em Porto Alegre, o Sintrajufe/RS convoca os servidores do PJU e do MPU a participarem de ato público unificado convocado pelas centrais sindicais, que ocorrerá às 16h, na rótula do Gasômetro. A concentração começará às 14h, na Rótula das Cuias, com caminhada até o local do ato.  

Bolsonaro e Paulo Guedes querem instituir o sistema de capitalização previdenciário, que, na prática acaba com a Previdência pública brasileira, jogando os trabalhadores à própria sorte. A proposta de Bolsonaro não traz qualquer benefício para os trabalhadores e só favorecerá os bancos e o mercado financeiro. Na própria explicação do governo sobre a proposta, consta que mais de 80% da “economia” em dez anos projetada com essa “reforma” sairá justamente dos que ganham menos: dos trabalhadores da iniciativa privada, de quem recebe o abono do PIS (trabalhadores que recebem até dois salários mínimos) e de quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é o benefício no valor de um salário mínimo que recebem pessoas com deficiência ou idosos situação de miserabilidade.  

Apesar de ter aprovado a PEC 6/2019 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, escondendo dados sobre a Previdência, o governo teve que fazer concessões. Além disso, mostra que está totalmente comprometido com a “velha política” e com a corrupção que diz combater, pois parlamentares já confirmaram que o governo está oferecendo R$ 40 milhões para que votem a favor da proposta.  

Diante disso, não há dúvida: é preciso aumentar a pressão e ir para as ruas. A mobilização de 1º de maio será, também, uma preparação para a necessária greve geral. Assim como conseguimos derrotar a reforma da Previdência de Michel Temer (MDB), é necessário que os trabalhadores parem o país em defesa da Previdência pública e do direito à aposentadoria.

 

14h – Concentração na Rótula das Cuias (Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, ao lado do Parque da Harmonia)

15h – Saída em caminhada pela orla do Guaiba

16h – Ato público na Rótula do Gasômetro (Av. João Goulart, perto da Câmara de Vereadores)

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.