Em reunião no saguão do TRT4, sindicato e servidores preparam defesa de melhorias nas condições de trabalho e nomeações; participe do abaixo-assinado!


29.Março.2019 - 17h08min

Considerando as notícias preocupantes dos últimos dias, o Sintrajufe/RS chamou às pressas, para o início da tarde desta sexta-feira, 29, uma reunião com os colegas do TRT4. A conversa aconteceu no saguão do tribunal e teve como principal foco a troca de ideias sobre como buscar melhores condições de trabalho e combater as ameaças de precarização.

Restruturação x nomeações

No dia 19, o Sintrajufe/RS reuniu-se com a presidente do TRT4, desembargadora Vania Cunha Mattos, que disse estar em discussão na administração um processo de restruturação, com possível extinção de secretarias e envio de servidores para os gabinetes. Na mesma reunião, a desembargadora criticou reiteradamente os servidores, chegando a insinuar que não há esforço em aprender nem em trabalhar. Na reunião, o Sintrajufe/RS posicionou-se contra a postura da presidente e defende como única solução real para as dificuldades nas dinâmicas de trabalho a nomeação de servidores.

Esses temas foram levados pelo sindicato à categoria em assembleia de base e ao corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Corrêa, em reunião realizada no dia 27.

Atuação coletiva, começando por abaixo-assinado

Na reunião com os colegas, os diretores do sindicato Alessandra Krause, Leandro Costa, Rafael Scherer, Rodrigo Mércio e Ruy Almeida, apresentaram a perspectiva da entidade, relatando os fatos mais recentes e avaliando que é preciso união da categoria, e propuseram, como passo inicial, a circulação de um abaixo-assinado exigindo interlocução com os servidores (via sindicato) para que avance qualquer processo de restruturação e repudiando as falas da presidente do TRT4 que desrespeitam a categoria.

Foi destacado, ainda, que, em que pese seja real o problema de sobrecarga nos gabinetes, retirar servidores das secretarias para realocá-los nos gabinetes não vai resolver em nada o problema. A sobrecarga de trabalho, o assédio moral constante em diversos locais de trabalho e a falta de diálogo da administração com a categoria e o sindicato também estiveram em pauta. A concretização das nomeações necessárias – são mais de 200 servidores a menos do que o quadro completo exigiria, e há um concurso em aberto com vencimento no final deste ano – apareceu como o principal caminho para começar a resolver parte desses problemas.

Alguns dos cerca de 70 colegas que participaram da reunião também fizeram falas, apontando a necessidade de lutar coletivamente em defesa de melhores condições de trabalho para todos. Também criticaram, assim como os diretores, a proposta de reforma da Previdência e outros ataques aos servidores e ao serviço público.

O abaixo-assinado foi distribuído entre os presentes para circulação nos setores, e também pode ser impresso AQUI, devendo, posteriormente, ser entregue por uma das três opções a seguir: diretamente na sede do sindicato (Marcílio Dias, 660); com o diretor Leandro Costa, na secretaria da Seção Especializada em Execução (sala 606, prédio judicial); ou por e-mail, para ouvidoria@sintrajufe.org.br.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.