Reforma da Previdência: 22 de março será Dia Nacional de Lutas, com rodada estadual de assembleias de base e ato público; confira as atividades


14.Março.2019 - 13h49min

Em meio aos primeiros passos da tramitação da reforma da Previdência no Congresso, os trabalhadores se mobilizam em defesa de seu direito à aposentadoria. O 22 de março será um marco desse processo, um Dia Nacional de Lutas convocado pelas centrais sindicais e que terá diversas atividades de mobilização em todo o país, inclusive em Porto Alegre, onde o ponto alto será um ato unificado às 18h, na Esquina Democrática.

A tramitação da reforma

A proposta de reforma da Previdência apresentada por Jair Bolsonaro (PSL) e Paulo Guedes já está no Congresso. Nesta quarta-feira, 13, Bolsonaro afirmou que acredita que a reforma possa ser aprovada ainda no primeiro semestre, em uma tentativa clara de sinalização ao mercado financeiro, grande interessado na aprovação da proposta que significaria uma verdadeira extinção da Previdência Pública. Também nesta quarta, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou que a proposta deve ser votada na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Casa até o final de março. Ao mesmo tempo, o “toma lá, dá cá” está a todo vapor: em busca de apoio para a reforma, Bolsonaro liberou nessa terça-feira R$ 1 bilhão em emendas para os deputados.

As atividades de mobilização

Contra as mais velhas práticas da má política, os trabalhadores utilizam sua única arma: a luta nas ruas. Por isso, no dia 22, haverá mobilizações em todo o país. No Rio Grande do Sul, a direção do Sintrajufe/RS orienta a realização de assembleias de base em todo o estado para discutir a adesão da categoria às atividades de mobilização contra a reforma da Previdência. Em Porto Alegre, o sindicato realiza assembleias de base nos seguintes horários:

13h – varas trabalhistas

14h30min – Anexo JE

15h30min – Justiça Federal

16h30min – TRE Duque

As assembleias de base irão debater e construir a participação do Sintrajufe/RS nas diversas mobilizações que se avizinham em defesa do direito à aposentadoria. Logo após a última das assembleias de base, rumaremos todos à Esquina Democrática, onde um ato unificado, convocado pelas centrais sindicais, será o principal momento do dia.

Ao final do ato, encerraremos o Dia Nacional de Lutas com cultura de resistência: na sede do Sintrajufe/RS (Marcílio Dias, 660), todos estão convidados para curtir o show do grupo 50 Tons de Pretas, a partir das 21h, com entrada gratuita.

Março de lutas

Durante todo o mês de março está ocorrendo diversas atividades relacionadas às lutas das mulheres e ao combate à reforma da Previdência. Confira abaixo o calendário completo:

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.