Outubro Rosa: movimento simboliza luta contra o câncer de mama


03.Outubro.2018 - 17h10min

O movimento conhecido como Outubro Rosa existe em diversos países e simboliza a luta contra o câncer de mama, estimulando a participação da população, empresas e entidades. Teve início nos Estados Unidos, em 1990, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York.

 

  Desde então, o movimento se multiplicou. As ações eram e são até hoje direcionadas à conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. A chance de cura quando o câncer de mama é detectado em sua fase inicial é de 95%. O mais indicado para realização do diagnóstico é a mamografia (radiografia da mama). O autoexame é um auxiliar importante, pois ajuda a verificar se há indício de alguns dos sintomas, como presença de caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); e pequenos nódulos localizados embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço.

 

A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Outros fatores que aumentam o risco são ambientais e comportamentais, história reprodutiva e hormonal e fatores genéticos e hereditários. A partir dos 30 anos, as mulheres que têm histórico familiar dessa doença devem manter acompanhamento médico.

 

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.