Plenária da Fenajufe: sindicatos e delegações unem-se a ato conjunto de entidades e movimentos do Mato Grosso do Sul em Campo Grande na luta contra a reforma trabalhista


11.Novembro.2017 - 00h03min

Esta sexta-feira, 10, foi um mais um Dia Nacional de Luta. A defesa dos direitos dos trabalhadores esteve em pauta em todo o Brasil, por onde se espalharam atividades de mobilização destinadas a dar um recado claro ao governo de Michel Temer (PMDB) e ao Congresso: não mexam nos nossos direitos. Em Porto Alegre, o Sintrajufe/RS participou de ato unificado em frente ao TRT. Já em Campo Grande (MS), onde parte da direção do sindicato está e onde também se encontra uma delegação de colegas do Rio Grande do Sul, por conta da Plenária da Fenajufe, os trabalhadores do Judiciário Federal também foram às ruas dizer não aos ataques, em especial à reforma trabalhista, que entra em vigor amanhã.

Embora a programação inicial não previsse, a organização da Plenária foi alterada para que os delegados que foram a Campo Grande a partir de todas as partes do país pudessem participar do ato conjunto que diversas categorias de trabalhadores e movimentos de juventude realizaram na capital do Mato Grosso do Sul nesta sexta. Assim, a programação da tarde foi enxugada e, às 16h, os colegas juntaram-se aos demais companheiros que já estavam mobilizados na Praça Ary Coelho, na região central da cidade.

Vários representantes da categoria puderam utilizar o microfone, entre eles o diretor do Sintrajufe/RS e da Fenajufe Cristiano Moreira e, também do Rio Grande do Sul, a dirigente da federação Mara Weber. Juntamente com outros colegas da Fenajufe, Cristiano puxou a fila na caminhada que teve início cerca de uma hora depois, tendo como objetivo final a sede local do Ministério do Trabalho e Emprego. A faixa da Fenajufe frenteava o ato, e, à sua frente, um caixão com a CLT, atacada violentamente pela reforma trabalhista, dava o tom da indignação enquanto lideranças falavam no carro de som e puxavam gritos contra o governo e parlamentares da base de Temer.

Em frente ao Ministério, mesmo com chuva já caindo, os trabalhadores realizaram um velório simbólico da CLT, entoaram palavras de ordem e reforçaram a disposição de seguir lutando contra Temer e contra todos os que ameaçam os direitos da classe trabalhadora.

Veja mais fotos:

Textos e fotos: Alexandre Haubrich / Sintrajufe/RS.

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.