TRT4 elege nova administração; Sintrajufe/RS realizou consulta paralela com a categoria


09.Outubro.2017 - 20h01min

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) elegeu, dia 6, os integrantes da administração para o biênio 2018/2019. A desembargadora Vania Cunha Mattos foi eleita a próxima presidente; o desembargador Ricardo Carvalho Fraga, vice-presidente; o desembargador Marçal Henri dos Santos Figueiredo, corregedor; e o desembargador Marcelo Gonçalves de Oliveira, vice-corregedor. Para a Escola Judicial, foram eleitos para direção e a vice-direção, respectivamente, os desembargadores Carmen Izabel Centena Gonzalez e Ricardo Hofmeister de Almeida Martins Costa. A posse ocorrerá no dia 15 de dezembro.

Na eleição, votaram apenas membros da segunda instância da Justiça do Trabalho no RS. De 21 a 25 de setembro, foi realizada, pela administração, consulta com desembargadores e juízes de primeiro grau. Segundo informação no site do tribunal, a consulta teve como mais votados Vania Mattos, Ricardo Fraga, Carmen Gonzalez e Ricardo Martins Costa para os respectivos cargos que assumirão.

Em consulta paralela, Sintrajufe/RS deu voz aos servidores

Apesar de reiterados pedidos do Sintrajufe/RS, por meio de reuniões e requerimentos, o TRT4 negou a participação dos servidores na consulta. A recusa em fazer avançar a democracia fez com que o sindicato abrisse uma consulta paralela para saber a opinião dos colegas da Justiça do Trabalho.

De 21 a 30 de setembro, os colegas puderam votar, pela área restrita do site do sindicato, escolhendo entre os desembargadores João Pedro Silvestrin e Vania Cunha Mattos, candidatos à presidência. De um total de 125 votos válidos, Silvestrin venceu a consulta com 62,4% dos votos válidos, contra 37,6% de Mattos. Houve ainda 5 votos em branco e 9 votos nulos.

Para subsidiar e esclarecer a categoria, o Sintrajufe/RS publicou, no site, as respostas de ambos sobre questões como reformas trabalhista e da Previdência, carreiras exclusivas, congelamento de gastos, saúde do servidor, direito de greve e relações de trabalho.

“Pela primeira vez, os servidores votaram na eleição para administração do TRT4. Infelizmente, dessa vez ainda foi de forma paralela, já que a democratização do Judiciário ainda é uma utopia e uma luta constante”, avalia o diretor do Sintrajufe/RS Cristiano Moreira. “Ainda assim, nos fizemos ouvir, e assim será até que a categoria conquiste o direito democrático de ser consultada de forma oficial, como já ocorre com os juízes de primeiro grau.”

Quanto à nova administração, o dirigente afirma que a expectativa é que “seja uma gestão que busque e tenha êxito na necessária defesa da Justiça do Trabalho em um período de tantos ataques à instituição. Isso só será possível com respeito entre os diferentes segmentos que a compõem”. Na relação com os servidores, “esperamos que a nova administração possa manter aberto o canal de diálogo com o sindicato e a categoria, para que apresentem suas pautas e reivindicações, como tem ocorrido nas últimas gestões”.

Sintrajufe/RS, com informações da Secom/TRT4

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.