Nota de repúdio à agressão homofóbica sofrida por estagiário do TRF4 em evento social


08.Agosto.2017 - 17h32min

O Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Rio Grande do Sul - Sintrajufe/RS, por meio de sua Direção Executiva, vem a público repudiar a agressão sofrida no último sábado, 7, por Raul Weiss, estagiário do  Tribunal Regional Federal da 4ª Região, e por seu namorado, Marcos Vinicio Beccon. O casal estava na festa de formatura de uma amiga, quando sofreu violência física e moral por três homens, que os agrediram com chutes e socos.  A agressão ocorreu após um beijo do casal.

Raul se manifestou nas redes sociais sobre o caso: “Eu lhes pergunto: um beijo pode causar tantos problemas? Um casal gay não pode demonstrar carinho em uma festa onde outros diversos casais heterossexuais estavam se beijando e inclusive dançando juntos? Até quando não vou poder ser gay e ser feliz? Chega de homofobia. Chega dessa sociedade preconceituosa. Queremos Justiça.”

O Sintrajufe/RS se solidariza com o casal e com todas as vítimas de homofobia do país. O Brasil, infelizmente, segue sendo o país com mais homicídios de LGBTTIs (Lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, travestis e intersexuais)  no mundo, com um assassinato a cada 25 horas, segundo dados do Grupo Gay da Bahia, associação de defesa dos direitos LGBTTI . É inadmissível que, em pleno século XXI, a violência originada por qualquer tipo de preconceito continue sem impunidade. O Sintrajufe/RS convida a categoria a seguir na luta contra a homofobia e qualquer outro tipo de discriminação, em busca de justiça social para todas e todos.

Porto Alegre, 8 de agosto de 2017.

Sintrajufe/RS - Direção Executiva

    Veja também

    Últimas Notícias

    Clique aqui e cadastre-se para receber nossos INFORMATIVOS

    cadastre-se

    Faça seu Login

    Recuperar Senha / Primeiro acesso

    O e-mail foi enviado com sucesso.

    Ocorreu um erro no envio.